corregedoria.tjrn.jus.br
corregedoria.tjrn.jus.br
corregedoria.tjrn.jus.br

AcãoGlobalNatal

 

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte participou de mais uma edição do Ação Global, realizada em conjunto com diversas entidades parceiras no Serviço Social da Indústria (Sesi-RN), unidade Lagoa Nova. Dentre as atividades oferecidas, pelo Poder Judiciário, ocorreu um casamento comunitário com a participação de 141 casais, sob a presidência da juíza Fátima Soares. Além disso, foram prestados serviços de assistência jurídica para as pessoas que compareceram a este evento de prestação de serviços. As ações foram realizadas no sábado (26).

"Cada casamento marca o inicio de uma família e cada família é um projeto de Deus, então participar disso não tem palavras que definam. Essa parceria do Tribunal de Justiça com a FIERN nessa Ação Global, onde as  pessoas reconhecendo a necessidade do reconhecimento do vinculo familiar, buscam nossos serviços e nós nos realizamos também com a felicidade, com a união, com a paz, com a harmonia que tanto a nossa sociedade precisa", disse a juíza Fátima Soares, que já celebrou mais de 5 mil uniões civis durante diversas edições do Justiça na Praça, do TJRN.

A corregedora geral de Justiça, desembargadora Zeneide Bezerra, esteve presente aos trabalhos, como sempre faz nas atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (Naps) do TJRN. E destacou que estava lá para prestigiar e participar das ações que levam prestação de serviços, de forma concreta para as pessoas que realmente precisam.

AcãoGlobalNatal1

 

"O Tribunal sempre esteve perto da população, acho que nosso Tribunal com esse viés social com essa modernidade, com essa inovação, com essa vontade de chegar perto do povo, não poderia ficar longe dessa Ação Global, que participamos desde o inicio", disse a desembargadora.

"O TJRN, que é um dos mais inovadores do país, está sempre presente dizendo que não fazemos só nossa obrigação, que é de julgar, mas estamos nesse viés que é muito mais grandioso, muito mais plural que é estarmos aqui fazendo os casamentos, fazendo um atendimento de excelência", concluiu.

Um dos serviços prestados durante o sábado foi o plantão jurídico. O juiz João Bressan, esteve de plantão, proferindo sentenças em processos como divórcios consensuais e retificações de registro civil, junto a advogados da OAB e uma promotora representante do Ministério Público. "É importante aproximar o sistema de justiça da população e também a rapidez da prestação do serviço jurisdicional" comentou o juiz sobre a presença do TJRN na ação.

Fonte: Site TJRN

Scroll to top