corregedoria.tjrn.jus.br
corregedoria.tjrn.jus.br
corregedoria.tjrn.jus.br

Dez Anos NAPS

 

Na sessão solene do Tribunal de Justiça do RN pelas comemorações dos 10 anos de atuação do seu Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS), ocorrida na tarde desta segunda-feira (27), no Auditório Floriano Cavalcanti, a coordenadora do Núcleo, desembargadora Zeneide Bezerra, afirmou que o sucesso alcançado durante todo esse período se dá graças a união, dedicação e entusiasmo com a qual sua equipe e seus parceiros desempenham suas atividades.

 

Dez Anos NAPS6

 

Do mesmo modo, a coordenadora do NAPS destacou o apoio recebido pelos desembargadores do TJRN, que entenderam a importância da continuidade das ações desenvolvidas pelo Núcleo para a manutenção do trabalho de aproximação do Poder Judiciário com a sociedade norte-riograndense. “Nós estamos aí, todos juntos, fazendo acontecer o Judiciário com muito amor, um Judiciário construído com tijolos bem fincados no chão”, afirmou.

 

Dez Anos NAPS1

 

Para Zeneide Bezerra, o NAPS se destaca pela simplicidade, popularidade e aproximação com as pessoas mais carentes, muitas vezes de comunidades mais carentes que têm, através dos programas e projetos levados às suas cidades pelo Tribunal de Justiça, um primeiro contato com um juiz de Direito. “Só sabe o que é um Justiça na Praça, um Justiça e Escola, uma Copegam quem já participou de algum deles, quem já sentiu a alegria estampada no semblante daquelas pessoas”, comentou.

 

Dez Anos NAPS2

 

De acordo com a coordenadora, o que é mais louvável em toda a sua equipe é a vontade de estar perto do povo. “O que a gente mais vê em todos que fazem o NAPS, em todos os eventos, é a felicidade com que cada um desempenha as suas funções, com muita responsabilidade e compromisso com o sucesso das nossas ações, que é de atender bem ao povo”, elogiou.

 

Dez Anos NAPS3

 

A desembargadora Zeneide Bezerra lembrou do início do então projeto “Justiça na Praça”, em 2007, quando a timidez ainda acompanhava as ações da equipe do Núcleo, até por medo de como seria a recepção da população àquelas inovadoras investidas do Poder Judiciário em estabelecer uma maior aproximação com os seus jurisdicionados.

 

Dez Anos NAPS4

 

“Hoje aquela preocupação ficou no passado e o NAPS ganhou as graças do povo”, lembrou, destacando números recentes alcançados nas comarcas de Patu e em Alexandria com comprovam o sucesso das ações promovidas pelo Núcleo, como número de audiências realizadas e de sentenças proferidas em curto espaço de tempo, assim como o beneficiamento de mais de meio milhão de crianças atendidas pelo programa Justiça e Escola.

 

Dez Anos NAPS5

 

A coordenadora lembrou também que o Judiciário potiguar é vanguardista em atuação concreta na área social, tanto que, quando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou que os tribunais atuassem nesse campo, o TJRN já detinha vários anos de experiência. “Hoje nós temos um Poder Judiciário mais moderno, dinâmico e inovador e muito disso graças a projetos como estes que aqui são desenvolvidos e estimulados pelas diversas gestões do nosso Tribunal de Justiça”, completou.

 

Fonte: Site TJRN

Scroll to top