corregedoria.tjrn.jus.br
corregedoria.tjrn.jus.br
corregedoria.tjrn.jus.br

index

 

Com dez anos de atuação, o Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS) do Tribunal de Justiça do RN será homenageado nesta sexta-feira (16), às 9h, pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A sessão solene foi proposta pelo deputado estadual Hermano Morais em reconhecimento aos relevantes serviços prestados pelo Núcleo. Durante a sessão, que acontecerá no plenário da Casa Legislativa, será concedido o título de cidadão potiguar ao juiz José Undário Andrade, coordenador executivo do programa Justiça e Escola e vinculado ao NAPS desde a sua origem, em 2007.

“O Núcleo tem aproximado sociedade e Poder Judiciário com a consolidação de direitos para a sociedade, como a realização de casamentos civis comunitários; orientação para a reutilização do que seria considerado lixo, gerando trabalho e criando novas oportunidades; e perspectivas de vida, entre outras ações. Já o juiz Undário Andrade vem participando desses feitos, especialmente agora no programa Justiça e Escola, que já levou formação ética para 30 municípios, tendo alcançado mais de meio milhão de crianças e adolescentes e mais de oito mil educadores potiguares”, destaca o deputado Hermano Morais.

Coordenado pela desembargadora Maria Zeneide Bezerra, o NAPS tem como objetivo viabilizar e apoiar as ações e programas sociais ligados ao Poder Judiciário potiguar e nasceu a partir da necessidade de promover e ampliar a participação do Judiciário junto à sociedade, em seus diferentes setores.

O Núcleo também realiza os programas “Justiça na Praça” e “Casa da Justiça e Cidadania”, além de realizar as ações do Judiciário relacionadas à políticas de meio ambiente, por meio da Comissão Permanente de Gestão Ambiental (Copegam).

* Com informações da Assembleia Legislativa

Fonte: Site TJRN

Scroll to top